fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
19.04.21

Mobilização fake?

Nos bastidores do DEM, ACM Neto tem ironizado as gestões para a permanência de Rodrigo Maia no partido. Para o ex-prefeito de Salvador, o principal articulador é o próprio Maia, que estaria tentando construir a ideia de que só não deixou a sigla após uma ampla mobilização de correligionários.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.02.21

ACM Neto, o “flex fuel”

Dentro do DEM, ACM Neto vem sendo chamado de “flex fuel”, o combustível que roda em qualquer carro. De olho em 2022, o ex prefeito de Salvador já ensaiou um enlace com Luciano Huck, flertou com João Doria e agora troca juras com Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.12.20

Frente ampla

ACM Neto tem trabalhado intensamente na costura de uma coalizão entre DEM, PSDB e MDB para a disputa das presidências da Câmara e do Senado. Mais até do que o próprio Rodrigo Maia, tido como o pai da ideia.

Em tempo: ACM Neto quer distância de Jair Bolsonaro. Literalmente. Convidado para participar, na última sexta-feira, da Convenção das Assembleias de Deus da Bahia, declinou após saber que Bolsonaro estaria presente. O futuro ex-prefeito de Salvador é hoje um dos principais assessores de Luciano Huck.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.11.20

Babá de Maia

Tendo conduzido o timão do DEM nessas eleições, com o partido conquistando até agora 398 prefeituras – e com boas chances de alcançar pelo menos mais duas vitórias, no Rio de Janeiro e em Macapá – o presidente da legenda, ACM Neto, decidiu se mudar para Brasília já em janeiro. Da capital federal coordenará as estratégias do DEM para as eleições de 2022.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.10.20

Já não se faz mais ACMs como antes…

ACM Neto foi voto vencido. O deputado Paulo Azi (DEM-BA) assumiu uma das vice-lideranças do governo na Câmara sem a anuência do prefeito de Salvador, presidente nacional do partido. Ah, se fosse o “Toninho Malvadeza”…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.02.20

Para que convenção?

Rodrigo Maia e ACM Neto já deram o aval para que o ex-ministro da Educação do governo Temer, Mendonça Filho, seja o candidato do DEM à Prefeitura de Recife. O que, a esta altura, significa ter o sinal verde de todo o partido.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.12.19

Ah, se ACM ainda estivesse entre nós…

A temperatura esquentou no tabuleiro da família mais apimentada da Bahia: herdeiros de Luiz Eduardo Magalhães consideram que o prefeito ACM Neto foi excessivamente omisso diante da decisão da francesa Vinci, operadora do aeroporto de Salvador, de sumir com o nome do ex-deputado da fachada do terminal. Seria mais uma questão de honra do que qualquer outra coisa. O contrato de concessão permite a medida. Mas, como se sabe, em terras baianas o clã sempre fez suas próprias normas e “contratos”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.09.19

Algodão entre cristais

ACM Neto teve um papel fundamental para que Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre rapidamente acertassem os ponteiros, que ficaram descalibrados por alguns dias devido a divergências na votação da minirreforma partidária.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.08.19

A conferir

“Isso é invenção do Gilberto Kassab, que devia estar sem assunto em algum jantar”. Frase de ACM Neto a um senador da República, fonte do RR, que lhe perguntou sobre a possibilidade de fusão do DEM com o PSD.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.02.19

Navalha na carne

Presidente do DEM, ACM Neto está promovendo um “ajuste fiscal” no partido, com a demissão de funcionários da Executiva Nacional e cortes nos custos com despesas administrativas e deslocamentos. Somente na Bahia e no Rio de Janeiro, as dívidas do DEM com gastos da última campanha eleitoral seriam da ordem de R$ 10 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.