27.03.19
ED. 6081

ANS separa o joio do trigo

A Agência Nacional de Saúde está promovendo um tsunami no setor de medicina de grupo. Segundo o RR apurou, aproximadamente 20 planos de saúde, monitorados com lupa pela agência, correm sério risco de suspensão até o fim de abril, por descumprimento de contratos e elevado índice de reclamações. Há cerca de um mês, a entidade determinou a interrupção das vendas de outros 46 planos. Procurada, a ANS informou que “os dados referentes à próxima divulgação do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento se referem ao 1o trimestre, ainda em curso.” Por essa razão, “ainda não é possível saber as operadoras que terão planos suspensos”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.