15.07.19
ED. 6156

Ameaça comunista

O entorno de Jair Bolsonaro começa a monitorar mais de perto os passos de Flavio Dino. O governador do Maranhão foi um dos artífices da exclusão dos estados da reforma da Previdência. Na ótica “bolsonarista”, o “comunista” Dino desponta, desde já, como um nome potencial da esquerda para 2022. Se der a lógica, não demora muito e começa a ser bombardeado por Olavo de Carvalho, Carlos e Eduardo nas redes sociais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.