14.01.19
ED. 6032

A nova comunicação do Planalto

Diagnóstico feito por um colaborador do Palácio do Planalto, que teria sido enviado para o Secretário de Governo, general Carlos Alberto Santos e Cruz:

  • O Palácio do Planalto precisa de uma Secom forte, mas diferente dos tempos do PT, quando era movida a verba publicitária.
  •  A estrutura de comunicação deve dar prioridade a uma blogosfera própria. Ou seja: é preciso multiplicar os canais de rede social, para pulverizar a disseminação de conteúdo.
  •  É preciso formar alianças na blogosfera privada, privilegiando o acesso à informação. Recomenda-se a construção de canais diretos de interlocução.
  • As redes sociais são essenciais. O governo deveria espalhar sua comunicação por meio desses veículos.
  • A mídia convencional sempre terá seu papel, mas ele irá se tornando cada vez mais cadente.
  •  É importante observar que a comunicação na mídia televisiva precisa contemplar não somente a audiência, mas o target temático. O governo deverá estar bem mais presente nas emissoras com programação popular e dirigida a nichos de apoio à gestão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.