16.05.18
ED. 5868

Steinbruch vs. Steinbruch

A venda da laminadora norte-americana LLC por US$ 400 milhões, fechada pela CSN nesta semana, promete esquentar ainda mais a batalha judicial entre o clã Steinbruch. Leo e Clarice Steinbruch, primos de Benjamin, pretendem contestar a negociação na Justiça. A alegação é que a CSN não poderia se desfazer da empresa em meio ao processo judicial aberto em março, no qual Leo e Clarice questionam a partilha dos bens da família. Na visão dos primos insurretos, Benjamin teria acelerado a venda da LLC como uma gincana para escapar de uma eventual divisão do valor do ativo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.