10.11.17
ED. 5743

O RR também afaga

O professor Aloisio Araujo, do Impa e da FGV, está trabalhando que nem um mouro e fazendo milhares de modelos práticos e regressão. Ele está debruçado na elaboração de diversas propostas microeconômicas capazes de fazer um enorme bem à economia brasileira. Araujo tem na agulha projetos para reformas no regime de partilha nas licitações do pré-sal e sugestões para a melhoria operacional e da dinâmica de funcionamento do BNDES.

O economista participa do Comitê da Fazenda que discute mudanças na Lei de Falências, um projeto da sua lavra, para efetuar aperfeiçoamentos. Aloisio Araujo também teria algumas colaborações a dar na área da política monetária. Mas esse é um campo em que todos se tornam luminares do dia para a noite, e como tal, regurgitam soberbas e recusam-se a ouvir os mais gabaritados.

Araujo é o mais renomado economista brasileiro no exterior, autor do maior número de artigos acadêmicos publicados em revistas técnicas internacionais, em diversos debates que frequenta é prestigiado por Prêmios Nobel de economia. Seus aniversários são celebrados pelos economistas mais laureados do planeta, como da Econometrics Society. Não ouvir o homem só pode ser produto de disfunção cognitiva ou ignorância desinibida.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.