13.10.17
ED. 5724

O que haverá nos canaviais da São Fernando?

A Usina São Fernando já “moeu” os empresários Mauricio e Guilherme Bumlai – filhos de José Carlos Bumlai, o “amigo do Lula” –, afastados da companhia por decisão judicial. Mas quem corre mesmo o risco de ser triturado pela falência da empresa são seus 1,2 mil funcionários. Até o momento, a Justiça não sinalizou se haverá nova tentativa de venda da usina ainda neste ano.

Por ora, os salários dos trabalhadores estão sendo pagos graças à manutenção da produção de álcool e açúcar. No entanto, o fôlego não vai durar muito sem a receita esperada com a venda de ativos. A massa falida da São Fernando soma aproximadamente R$ 1,3 bilhão em dívidas. Nenhum candidato apresentou oferta pela usina no prazo estipulado pela Justiça, até 19 de setembro.

O valor fixado, R$ 716 milhões, levou a culpa pelo fracasso. Há quem diga, no entanto, que a variável que realmente afugenta os investidores é o risco de tropeçar em ossadas contábeis e, sobretudo, jurídicas nos canaviais da São Fernando. Para todos os efeitos, a empresa sempre pertenceu a Maurício e Guilherme Bumlai. Consta, no entanto, que o patriarca, preso na Lava Jato, tinha grande influência sobre o negócio. Para o bem e para o mal.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.