08.11.17
ED. 5741

Dedo na ferida

Auditoria interna da Petros está desentocando cobras e lagartos referentes a investimentos feitos entre 2002 e 2010. Os dados têm sido remetidos ao Ministério Público. Segundo o RR apurou, as investigações envolvem ex-dirigentes da fundação. Procurada, a Petros confirmou que “foram e continuam sendo realizadas Comissões Internas de Apuração para averiguar eventuais irregularidades” em “investimentos decididos no passado”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.