23.06.17
ED. 5646

Cinturão elétrico

A italiana Enel abriu negociações com a Cemig para a compra da Light. Tem interesse em fechar a porteira e ficar também com a participação do FIP Redentor. Teria, assim, 52% da Light e meio caminho andado para consumar a fusão com a Ampla, sua controlada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.