22.02.16
ED. 5311

Caso FHC é o tira-teima da isonomia

  Se houver alguma justiça além da divina nesta terra de obliquidades, o Ministério Público e a Polícia Federal devem iniciar imediatamente uma investigação sobre os indícios de comportamento criminoso do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Já existem evidências, delação sem prêmio, várias contas no exterior, apartamento em Paris, sítio em parceria com empreiteira, dinheiro recebido de uma empresa isenta de impostos nas suas vendas em aeroportos e até denúncia de falsificação de teste de DNA.  Para juízes e policiais, será um maná: é a possibilidade das autoridades que destrincham os casos do mensalão, petrolão e devassam sítios e apartamentos triplex demonstrar que as operações realizadas até agora não são ideológicas. Vento que venta lá, venta cá. O RR sugere, com candura, um nome para a PF batizar com a criatividade de praxe a investigação: “Operação Papudo”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.