Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

Relacionados

27.06.17
ED. 5648

E o vento levou o contrato da Weg

O cancelamento dos projetos de energia eólica de Furnas doeu no bolso dos controladores da Weg. A empresa estava prestes a assinar contrato com a subsidiária da Eletrobras para o fornecimento de 160 geradores em 2018 e 2019, ao valor de R$ 1,6 bilhão. O pior: a Weg não trata o episódio como fato isolado. Já trabalha em um plano de contingência para o esperado aumento da sua capacidade ociosa. O Brasil tem hoje um excesso de energia – resultado da economia em frangalhos. No setor, já se dá como certo, inclusive, que a Aneel ficará por um bom tempo sem realizar novos leilões de energia eólica.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.04.17
ED. 5608

Perda de caloria

O Milestones, uma espécie de “familly asset” dos controladores da Weg, estaria reduzindo sua participação na BRF. Por uma dessas coincidências da vida, o vice-presidente do Conselho da Weg é Nildemar Secches, ex-n° 1 da Perdigão, que foi defenestrado da BRF por Abilio Diniz.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.03.17
ED. 5577

Um combustível para a Weg

A Weg já faz planos de aumentar a produção na esteira do novo pacote de concessões de infraestrutura anunciado pelo governo na semana passada. Somente os 35 projetos na área de transmissão de energia vão demandar cerca de R$ 12,8 bilhões em investimentos, a maior parte do bolo para a compra de equipamentos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.07.15
ED. 5163

Turbinada

A Weg deverá anunciar em breve a instalação de uma fábrica de turbinas para usinas eólicas no Nordeste.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.15
ED. 5149

Coerência

São tempos de contração na Weg Motores, tanto na física quanto na jurídica. No ano em que três de seus acionistas, Eggon João da Silva, Lilian Werninghaus e Werner Ricardo Voigt, deixaram a lista de bilionários da Forbes, a empresa estaria cortando cerca de 20% do plano de investimentos para 2015, originalmente de R$ 500 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.