fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Tok & Stok

Relacionados

17.11.21

Carlyle quer colocar Tok & Stok e Etna na mesma prateleira

O Carlyle estaria se movimentando entre as prateleiras do varejo para costurar a fusão da Tok & Stok, da qual é acionista, com a Etna. Do ovo desse M&A, eclodiria um grupo com faturamento da ordem de R$ 2 bilhões por ano e mais de 60 lojas. Dadas as circunstâncias, a operação seria uma solução dupla: juntaria uma empresa que o mercado não quis – a Tok & Stok suspendeu seu IPO por falta de demanda – com uma companhia que o seu atual controlador, Nelson Kaufman, parece não querer, ao menos não na estrutura atual – a Etna tem fechado uma sucessão de lojas e encerrou sua atuação no Nordeste. O silêncio entre os protagonistas do enredo é unânime. Procurados pelo RR, Tok&Stok, Etna e Carlyle não quiseram se pronunciar. Não é a primeira vez que Tok & Stok e Etna trocam olhares. Desta vez, no entanto, a disposição e o peso do Carlyle podem fazer diferença. Acionista majoritária da Tok & Stok, com 60%, a gestora norte-americana busca uma porta de saída do negócio – a que havia foi fechada justamente com o recuo no IPO. Não precisa ser agora obrigatoriamente. O Carlyle enxergar um negócio mais rentável lá na frente, leia-se a futura venda da participação em um grupo varejista encorpado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.02.18

Carlyle na porta de saída

O Carlyle, dono de 60% da Tok&Stok, prepara sua saída da rede varejista. O desembarque deverá se dar por meio de uma oferta em Bolsa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.10.17

Base aliada

O Carlyle dedica-se a costurar uma coalizão no varejo. Os partidos são a Tok&Stok, que tem os norte-americanos como acionistas, e a Etna, do empresário Nelson Kaufman. A aliança daria a origem à maior rede de móveis e decoração do país, com vendas acima de R$ 2 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.