fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
22.10.20

Rodízio

Nos corredores da TIM circula a informação de que o presidente da empresa no Brasil, Pietro Labriola, fica no cargo apenas até o fim do ano. Labriola assumiu em abril do ano passado, o que não quer dizer muita coisa. A Telecom Italia troca mais de presidente no Brasil do que a Itália de primeiro-ministro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.04.20

Torneiras fechadas

A TIM suspendeu qualquer novo patrocínio nas áreas de cultura ou esporte, inclusive com recursos incentivados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.11.19

TIM pode vender até o que não tem

A Claro e o próprio Ministério da Justiça perderam o primeiro round contra a TIM. O Conar arquivou o processo aberto contra a operadora italiana por suspeita de propaganda enganosa. Os mexicanos e a Secretaria Nacional do Consumidor, vinculada à Pasta de Sergio Moro, acusaram a empresa de tentar ludibriar o público, com uma campanha que vinculava seus serviços à velocidade 5G, tecnologia sequer licitada pela Anatel. A Claro deve subir o tom e levar o assunto à própria agência reguladora. Provavelmente, vai dar em nada. Ou seja: se a TIM quiser, já pode tascar um 6G nos seus reclames comerciais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.11.19

Cadeira balançando

A Telecom Italia troca mais de executivo do que os italianos, de primeiro-ministro. Pietro Labriola, que assumiu o comando da TIM Brasil há apenas sete meses, já balança na cadeira.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.06.18

Cemig Telecom

Além da TIM Brasil, o Grupo Algar também tem interesse no braço de telecomunicações da Cemig. O governo mineiro corre para leiloar a empresa antes das eleições.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.02.18

As duas faces da TIM

O governo mineiro e a direção da Cemig já estão cansados da mise-en-scéne da TIM Brasil. O script tem se repetido há mais de um ano: os dirigentes da companhia vão à mídia alardear o interesse na Cemig Telecom; na hora da verdade, impõem mil e umas exigências e saem pela tangente.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.01.18

Antes tarde do que nunca

A TIM Brasil estaria prestes a lançar um serviço de TV por assinatura com a sua própria marca. Neste mercado, a operadora está a milhas de distância de Claro/Net, Oi e Vivo. Tem uma parceria com a Sky que ainda engatinha.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.01.18

Sussurros

Ainda aos sussurros, há uma articulação em gabinetes de Brasília na tentativa de empurrar a combalida Sercomtel, operadora de telefonia de Londrina, no colo do Grupo Algar ou da TIM.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.10.17

Os enroscados fios da Cemig Telecom

A venda da Cemig Telecom virou uma barafunda. O governo de Minas Gerais e a diretoria da Cemig batem cabeça para definir o modelo de negociação. A companhia defende a retomada da venda direta de 100% da subsidiária.

Foi este formato que deixou a Cemig perto de um desfecho positivo: a TIM chegou a fazer uma due diligence na Cemig Telecom, mas as negociações esfriaram diante do recuo do governo mineiro. Fragilizado politicamente e com receio de levar bomba na Assembleia Legislativa, que teria de aprovar a operação, o governador Fernando Pimentel tende para uma mudança de rumo. O modelo que ganha corpo neste momento prevê a incorporação da empresa de telecomunicações pela Cemig, com a posterior busca de parceiros na área de telecomunicações.

A estatal se associaria a empresas do setor para atender a uma determinada região. Ou seja: nada de privatização. Este formato esvaziaria a pressão política sobre Pimentel. Em contrapartida, reduziria a possibilidade de a Cemig fazer caixa no curto prazo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.09.17

Rebaixamento na TIM

Amos Genish, n. 1 da Telecom Italia, assumiu com rédeas curtas as decisões estratégicas da TIM Brasil, o maior negócio do grupo fora da Europa. Genish tem feito de gato e sapato o presidente da empresa, Stefano de Angelis, transformando-o em uma espécie de “sub-CEO”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.