Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
28.03.18
ED. 5835

Generais se alistam na tropa do fake news

O Alto Comando do Exército deve estar preocupado – e, se não está, deveria – com a adesão de generais da reserva de prestígio, como Augusto Heleno, a grupos de manifestantes de questionáveis práticas éticas, a exemplo do Vem pra Rua, MBL, Avança Brasil, entre outros. São agremiações com operações subterrâneas, que incluem o uso constante de fake news. O procedimento heterodoxo desses movimentos já foi devidamente esquadrinhado na mídia convencional. A estratégia desse pessoal agora é atrair generais com repercussão junto aos militares da ativa, tais como Rocha Paiva, Luiz Sodré e Luiz Peret, para citar alguns dos mais votados em uma lista que promete aumentar. Essa contaminação do oficialato, notadamente do Exército, é um acinte para o comandante geral da Força, general Eduardo Vilas Bôas, que tem sido de uma dedicação exemplar na separação das funções constitucionais e profissionais dos seus comandados em relação aos laivos de politicagem que assolam os generais sensíveis aos chamados populistas de grupos na fronteira da criminalidade. É assustadora a hipótese de o generalato ceder aos apelos dessa gente que muito bem pode ser presa devido às manipulações criminosas de informações nas redes sociais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.03.18
ED. 5830

Brasil Livre, de quem?

O líder do MBL, Kim Kataguiri, quer capitalizar ao máximo a próxima segunda-feira, data prevista para o julgamento dos recursos de Lula no TRF4. Está organizando uma celebração no Centro de São Paulo caso se confirme o pedido de prisão do ex-presidente. Pretende também aproveitar a ocasião para anunciar sua candidatura à Câmara dos Deputados. Se Flavio Rocha deixar, o incontinente Kataguri lança o nome do empresário à Presidência.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.01.18
ED. 5789

MBL corre contra o tempo para encher as ruas

A decisão do Movimento Brasil Livre (MBL) de transferir da Avenida Paulista para o Largo da Batata as manifestações marcadas para o dia 24 de janeiro não está relacionada à segurança, mas, sim, à “bilheteria” dos eventos. Até o momento, mesmo com todo o trabalho de impulsionamento nas redes sociais e com o alvoroço que cerca o julgamento de Lula, o número de confirmações contabilizado na internet ainda está bem aquém do imaginado pelos líderes do MBL. Mas ainda há quase semana para os influenciadores digitais, robôs e afins fazerem seu trabalho.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.10.17
ED. 5730

The big star

O empresário Flavio Rocha, herdeiro das Lojas Riachuelo, será a grande estrela do 3º Congresso Nacional do MBL, no dia 11 de novembro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.10.17
ED. 5725

Mil e uma utilidades

Tasso Jereissati é um dos mais ativos interlocutores do PSDB com o MBL. Articula, inclusive, a filiação de Kim Kataguri, um dos líderes do Movimento, às fileiras tucanas. Tasso prega que a proximidade com o MBL será de considerável valia eleitoral. Nem que seja para neutralizar o recente flerte do movimento com Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.10.17
ED. 5721

Caixa de campanha

O Movimento Brasil Livre (MBL) está ávido para mordiscar um pedaço do “fundo partidário” criado por Luciano Huck, Nizan Guanaes e Abílio Diniz, entre outros abastados, para financiar candidatos em 2018. A meta do MBL é eleger ao menos 15 deputados federais, a começar por Kim Kataguiri – um dos fundadores do Movimento.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.03.17
ED. 5587

Fracasso de público

Os líderes do MBL passaram o dia de ontem culpando a mídia pelo fracasso das manifestações de domingo. Para eles, a cobertura televisiva deixou a desejar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.