Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Marielle

Relacionados

20.03.18
ED. 5829

A falta de contrição de Lula

Segundo a Rádio Lula, o ex-presidente atravessou os três últimos dias se rasgando por dentro. Por muito pouco, o líder popular não partiu junto com a militância para protestar pelo assassinato de Marielle Franco e carpir sua morte em público. Esse seria o Lula em estado bruto. Foi contido pelo Lula apenado, que calcula os passos cada vez mais pragmaticamente. Ele considerou que sua presença nas manifestações seria percebida como oportunista, preparatória de eventos similares após a decisão do STF, manipuladora da tragédia de Marielle. Pode ser que nada disso fosse aventado. Mas Lula intuiu que o risco existia. Preferiu a prudente discrição e não pegou a carona. Essa missão ficou para o PT, que embolou o assassinato com a condenação. Mesmo tratando o assunto com frieza incomum, o ex-presidente acha que captura a tragédia. O ambiente de protesto, raiva e dor lhe é favorável. Pode ajudar na convocação da militância às ruas. É absolutamente provável que a população que foi às lágrimas com Marielle nem sequer tenha prestado atenção no seu distanciamento. Mas também pode ter exaurido o seu pranto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.