Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
12.01.18
ED. 5785

Huck quer apagar suas relações com o “eixo do mal”

Uma das preocupações do séquito de marqueteiros e “opiniáticos” que acompanha o pré-candidato não assumido Luciano Huck são as suas “relações perigosas”. Ele tem uma coleção de amigos políticos e milionários criminalizados. Essa convivência, tanto as pretéritas quanto as presentes, contradiz o discurso político escolhido para Huck: uma pessoa comum que não resiste a ajudar o próximo e os necessitados.

Quem viu a entrevista de Huck no Programa do Faustão enxergou tudo: o mote de campanha será aquilo mesmo, ou seja, ele é um homem que se comove com a pobreza e a desassistência. Vai disputar o território eleitoral do PT, já que a classe média está confortavelmente instalada no auditório do seu “Caldeirão do Huck”. O que não combina com essa bem afinada engenharia de campanha são os nomes de Aécio Neves, Alexandre Accioly, Eike Batista etc. O desafio é separar esses fios.

Uma das ideias é a afirmação de que Huck foi bastante solitário na infância e criou uma necessidade de cercar-se de muitos amigos, o que dificultava enxergar seus predicados condenáveis. Uma pessoa extremamente boa que somente encontrava qualidades nos outros. Faz parte da estratégia um acerto afetivo com alguns dos personagens, notadamente Aécio, para que seja tristemente confessada a decepção com o senador. A preocupação social de Huck será suportada por uma enorme campanha de depoimentos, tanto celebridades quanto anônimos. O discurso será o de que “nunca tantos testemunharam tanta bondade”.

E uma grana razoável já está sendo gasta para limpar o que for possível da algema de algoritmos do Google. É na masmorra dos sites de busca que estão aprisionadas as imagens mais comprometedoras do apresentador. São essas cenas que podem desconstruir o político em construção. Huck pode vir até a não ser candidato –na última quarta-feira, em post no Facebook, negou mais uma vez que vá disputar a Presidência –, mas a sua campanha já está em andamento. Conforme a vontade, determinação e estrito controle dele.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.01.18
ED. 5783

Esperanças acesas

Luciano Huck reacendeu as esperanças do PPS. Roberto Freire voou novamente em cima do possível ex-ex-candidato. Desde o início do ano, teriam ocorrido ao menos dois contatos entre ambos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.01.18
ED. 5779

A título de registro

Nessa, Luciano Huck nem precisa recorrer ao Ibope, do amigo Carlos Augusto Montenegro. Entre as milhares de reações à mensagem de Réveillon postada pelo apresentador nas redes sociais, menos de 20% dos comentários pediam sua candidatura à Presidência da República. Vá lá que o espírito do momento fosse outro, mas, tratando-se de um universo de fiéis seguidores, não deixa de ser um número decepcionante.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O “Fundo Cívico”, lançado à guisa de financiar a formação de candidatos ao Congresso, é só a primeira casa no tabuleiro. Os pais da ideia – Eduardo Mufarej, Luciano Huck, Armínio Fraga, Abilio Diniz, entre outros enricados – já falam na criação de uma escola de gestão pública.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.17
ED. 5761

Aproximação

Marina Silva tem se aproximado bastante de Roberto Freire nos últimos dias. Tenta fisgar o apoio do PPS, que ficou “viúvo” após a candidatura de festim de Luciano Huck.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.12.17
ED. 5759

A pós-farsa do pré-candidato Luciano Huck

A declaração do ex-pré-candidato Luciano Huck de que “nunca será político” é uma fraude pré-eleitoral de um pré -projeto de governante minúsculo. O prefixo “pré” cabe como uma luva em qualquer consideração sobre Huck. É uma lorota desenxabida que ele não cogitou a disputa para a Presidência. Ou pré-cogitou, como parece mais pertinente em relação ao pré-preclaro homem público.

O que havia seriam apenas cantos de sereia, inclusive miando dentro dele mesmo. Huck fez voos peripatéticos em torno dos tucanos íntimos Aécio Neves, Armínio Fraga e seu padrasto, Andrea Calabi. Queria beber na fonte dos filósofos de bico longo. Nessa fase, o intrépido pré–pré-candidato dizia que “é hora da minha geração ocupar os espaços de poder”. E nem sequer de longe pré-negava de que era postulante a mandatário da República. Quem cala de propósito mais do que consente.

A verdade é que o entorno político do apresentador pré-pré-governante foi se turvando. Não apenas o político, mas também o afetivo, só para citar Eike Batista, Alexandre Accioly e o próprio Andrea Calabi. Talvez o maior responsável pelo recuo de cócoras tenha sido Aécio, que apoiou o pupilo na primeira hora.

A situação criminal do senador mineiro foi ficando tão ruim que ele se tornou um antiexemplo dos dividendos da política. Impossível recomendar o mano Huck a assumir o seu pré-sonho se ele, o mentor, oscilava entre a liberdade pré-incorrupta e o cárcere. Talvez o desconforto do patrão com a candidatura tenha soado mais alto. Macular tão cedo o Tintim da Rede Globo, campeão da caridade na tela de TV, não renderia resultados para ninguém.

A pós-farsa do pré-candidato Luciano Huck Macular? Pois bem, basta procurar as fotos de Huck e sua quadrilha de amigos no Google, no Instagram, no Facebook. Talvez somente em companhia da ex-pré-primeira-dama ele tenha tido mais fotos publicadas do que com a turma da pesada. Melhor esquentar o Caldeirão e aguardar que a memória coletiva se esmaeça. Por hora Huck é pré-candidato a transformar uma dimensão política pífia em um edifício de integridade pública. Que fique na TV.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.11.17
ED. 5752

Profilaxia anti-dossiês

Luciano Huck tem sido aconselhado a passar, o quanto antes, um pente fino na situação trabalhista dos funcionários de todas as suas empresas. O mesmo se aplica aos projetos incentivados do Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias, fundada por Huck há 13 anos. São dois potenciais flancos de ataque de adversários caso Huck lance sua candidatura à Presidência.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.11.17
ED. 5751

Caldeirão gelado

Nos últimos dias, as conversas entre Luciano Huck e Roberto Freire para o ingresso do apresentador no PPS esfriaram consideravelmente.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.11.17
ED. 5746

Ácido lisérgico

Paulo Guedes quer arrastar Luciano Huck para a seita da sociedade aberta. Segundo o economista é “uma cosmologia” que congrega princípios e vetores que fortalecem a democracia. Ou algo assim.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.11.17
ED. 5745

Embarcação Huck

O Grupo Monteiro Aranha é mais um a entrar no barco de Luciano Huck. A continuar assim até a campanha de Donald Trump vai parecer modesta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.11.17
ED. 5744

“Caldeirão do Huck” tem espaço de sobra para tucanos

A depender do resultado das eleições para a presidência do PSDB, uma fieira de tucanos poderá estrear no “Caldeirão do Huck”. Na última sexta-feira, o apresentador e quase pré-candidato já participava de conversas sobre os despojos da guerra do PSDB. Huck enfraqueceria ainda mais o partido, alistando quadros de prestígio em suas fileiras.

A visão dos “huckistas” é que, mesmo se surgir uma terceira via, entre o grupo de Tasso e o de Aécio, o senador cearense poderia caminhar com seus aliados em direção à candidatura de Huck. O eventual empecilho seria a lealdade com Geraldo Alckmin, que tem se mostrado firme na defesa de que os tucanos saiam do governo Michel Temer. Porém, se o governador de São Paulo continuar patinando nas pesquisas e a candidatura Lula se confirmar, Huck pode ser uma das poucas alternativas para evitar o que para os tucanos seria o maior de todos os desastres.

Alckmin, por sinal, está fazendo seu hedge: na última sexta-feira, esteve na Casa das Garças, no Rio, reduto dos pensadores tucanos que integram a legião pró-Tasso. Por uma dessas ironias do destino, Luciano Huck é um grande amigo de Aécio Neves. No entanto, verdade seja dita, se afastou um pouco do ex-parceiro de noitadas em função do seu envolvimento no noticiário da Lava Jato.

Huck, ainda na linha das curiosidades, costuma se consultar com o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, que era considerado nome certo para o Ministério da Fazenda se Aécio fosse parar na Presidência da República. Fraga ocupa o mesmo posto nos planos de Huck. O que liga a zona norte de Tasso com a zona sul do apresentador é uma miríade de economistas liberais identificados com Armínio Fraga. É a algaravia da política que segue seu rumo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.10.17
ED. 5733

Política de grife

Luciano Huck quer arrastar o sócio Rony Meisler, fundador da grife Reserva, para a política.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.10.17
ED. 5727

Presidenciável

Segundo alta fonte do DEM, as conversas com o presidenciável Luciano Huck preveem sua “desincompatibilização” da Globo já em dezembro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.10.17
ED. 5721

Caixa de campanha

O Movimento Brasil Livre (MBL) está ávido para mordiscar um pedaço do “fundo partidário” criado por Luciano Huck, Nizan Guanaes e Abílio Diniz, entre outros abastados, para financiar candidatos em 2018. A meta do MBL é eleger ao menos 15 deputados federais, a começar por Kim Kataguiri – um dos fundadores do Movimento.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.10.17
ED. 5717

Partido global

Desse jeito, a Globo corre o risco de ficar sem cast. Além de Luciano Huck, Fausto Silva também vem sendo assediado para entrar na política. A sondagem mais firme teria partido do DEM.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.09.17
ED. 5715

Caldeirão do Huck

Luciano Huck está testando diversas análises combinatórias. Poucos dias antes do encontro com a cúpula do DEM, teve um jantar reservado com Geraldo Alckmin no Palácio Bandeirantes. Conversaram sobre uma possível candidatura de Huck ao Senado ou ao governo do Rio pelo PSDB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.17
ED. 5704

Caldeirão

Agora é 100% certo. O apresentador Luciano Huck encomendou pesquisa para a avaliação das suas chances em uma eventual candidatura à Presidência da República.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.08.17
ED. 5691

O candidato da XP Investimentos

Em recente pesquisa, a XP pediu a investidores institucionais que apontassem um nome alternativo para a Presidência da República, ou seja, fora do rol dos candidatos tradicionais. Deu Luciano Huck na cabeça. O que mais chamou a atenção, no entanto, foi outro dos citados: a XP encontrou um lugar para o patrão Roberto Setubal entre os vencedores alternativos. Nada como ter dinheiro sobrando para se jogar um pouco fora com excentricidades.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.07.17
ED. 5659

Mestre Huck

A “holding” Luciano Huck tem planos de investir na área de educação, trazendo, inclusive, grupos de ensino estrangeiros para a empreitada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.06.17
ED. 5641

Uma primeira dama global?

A apresentadora Angélica anda encantada com a ideia de criar uma fundação para atender crianças carentes. Projeto digno de uma primeira dama.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.05.17
ED. 5625

Baixa audiência

Joesley Batista era um dos maiores entusiastas da candidatura de Luciano Huck a um alto cargo na política. Os dois são parceiros de passeios de lancha, com farta galeria fotográfica nas redes sociais – já devidamente apagada nos perfis oficiais do apresentador. Se Joesley ainda estivesse na ativa, grana para a campanha de Huck não faltaria.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.05.17
ED. 5618

Caldeirão do Huck

Paulo Guedes é cabo eleitoral de carteirinha de Luciano Huck. Quer ser a versão vitoriosa do que Armínio Fraga não foi para Aécio Neves: ministro da Fazenda do presidente-apresentador.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.02.17
ED. 5553

A ilha da fantasia de Eike, Huck e Diniz

Em outubro de 2011, precisamente no dia em que concedeu uma entrevista a João Doria – então regente do programa Show Business, hoje conduzido pela colunista Sonia Racy – Eike Batista foi almoçar no restaurante Parigi, em São Paulo. À mesa, o apresentador Luciano Huck, o empresário Pedro Paulo Diniz e mais dois coadjuvantes que não merecem ser nominados. O papo rolava sobre jatinhos, beldades, lugares exóticos, até que Huck deu a ideia de os três promoverem uma festa em uma ilha em Angra dos Reis.

O trio seria o principal marketing do evento. Eike se entusiasmou tanto com proposta que resolveu subir o lance: propôs que os três comprassem a ilha. E que a festa fosse permanente, rolando dia após dia, 24h após 24h, sem parar. Tudo simples, uma questão só de grana. Mas pasmem, não só Eike, mas também Huck e Diniz toparam a ideia e concordaram em fazer os investimentos.

Ah, sim: na ocasião, não poderia faltar, surgiu o nome de Aécio Neves, chapa da turma. O ex-governador logo foi citado como um provável interessado em participar do projeto. São tempos de fanfarra que não voltam mais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.01.17
ED. 5549

Crueldade digital

As mídias sociais não perdoam nem seus mitos. Luciano Huck (12 milhões de seguidores) está bombando no Twitter desde a última quinta-feira. Milhares de internautas já reproduziram, com os comentários sarcásticos de praxe, tweet postado pelo apresentador em 2009 rasgando elogios à dupla Sérgio Cabral e Eike Batista.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.01.17
ED. 5532

Réveillon 1

O réveillon pode ter selado uma nova parceria nos negócios: entre um carinho de Angélica e um chamego com Bruna Marquezine, Luciano Huck e Neymar trocaram alguns dedinhos de prosa sobre investimentos conjuntos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.12.16
ED. 5522

Fintech própria

Luciano Huck anda muito entusiasmado com a ideia de ter sua própria Fintech.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.11.16
ED. 5496

Nariz de tucano

Aécio Neves está empenhadíssimo em convencer o amigo Luciano Huck a entrar na vida pública.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.09.16
ED. 5459

Camisa de força

 A crise não perdoa sequer o sempre bem-sucedido Luciano Huck. A grife Reserva, da qual o misto de apresentador e empresário é um dos maiores acionistas, esperava fechar o ano perto das 70 lojas. Até agora, no entanto, parou nas 54. Pior ainda: pela primeira vez em cinco anos, o crescimento das vendas deverá ficar na casa de um dígito. • As seguintes empresas não se pronunciaram ou não comentaram o assunto: Reserva.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.04.16
ED. 5351

Incríveis Huck

O lar de Luciano Huck é um venture capital. A apresentadora Angélica seguiu os passos do marido, dono da gestora Joá, e está investindo em startups na área de comércio eletrônico.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 Luciano Huck deverá ser o animador de campanha de João Doria Jr., caso ele saia como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo. Como se imagina, Huck traz na sua cauda metade da Rede Globo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.