Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
27.02.18
ED. 5814

Parisotto reduz sua voltagem na Eletrobras

O investidor ativista Lírio Parisotto estaria reduzindo gradativamente sua participação na Eletrobras, por meio do fundo Geração L Par. Talvez seja movido pela percepção de que, ao menos no curto prazo, a privatização da companhia já deu o que tinha que dar em termos de impacto sobre o preço da ação. Parisotto teria montado boa parte da sua posição quando o papel estava próximo dos R$ 16. Ontem, era negociado a mais de R$ 28.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.01.18
ED. 5789

Parisotto avança na Eletrobras

Em meio aos preparativos para a eventual privatização da Eletrobras, a Geração Futuro, do investidor Lírio Parisotto, estaria aumentando gradativamente sua participação na estatal. Sua fatia no capital já seria da ordem de 4%. Com uma fatia menor, não custa lembrar, Parisotto chegou a ter um representante no Conselho da Eletrobras. Em 2016, tentou emplacar o nome do advogado Marcelo Gasparino no board, mas foi derrotado na assembleia de acionistas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.03.17
ED. 5581

A biografia de Luiza

Luiza Brunet tem propostas para escrever uma autobiografia, com ênfase na relação com Lírio Parisotto. É o capítulo que vai vender o livro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 Após uma intensa exposição no noticiário policial – por conta das acusações de agressão à ex-namorada Luíza Brunet –, Lírio Parisotto quer retornar às páginas de economia. O bilhete de volta será o anúncio em sequência de novos projetos de expansão da Innova, comprada junto à Petrobras em 2014. A petroquímica iniciou entendimentos com o governo gaúcho para a ampliação da fábrica de monômero de estireno localizada no polo de Triunfo. Vai também tirar do papel o projeto de conversão da unidade de poliestireno cristal em uma planta de ABS, matéria-prima destina às indústrias de plásticos e de eletroeletrônicos, entre outras.  Os investimentos somarão cerca de R$ 500 milhões. Nos dois casos, a Innova espera contar com financiamento público por meio do Fundo Operação Empresa do Estado (Fundopem), que prevê regras especiais para o diferimento do ICMS. Aliás, o que não falta entre Parisotto e o governador gaúcho José Ivo Sartori é uma boa química. Ambos são amigos de infância.  Mais conhecido pelas brigas societárias que costuma comprar vestindo o figurino de investidor ativista – entre outros exemplos, assim foi na Usiminas e na Eternit – Parisotto tem sido forçado a abrir o caixa para tirar o atraso de investimentos da Innova. Nos últimos anos sob a gestão da Petrobras, os aportes secaram. No total, o plano estratégico de Parisotto para a empresa soma R$ 1,2 bilhão. • As seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Innova.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.08.16
ED. 5435

Efeito Brunet

 Lirio Parisotto tem estado longe dos negócios de comunicação de Carlos Sanchez, do qual é sócio em Santa Catarina. Não tem aparecido nem nas reuniões do conselho. • Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Lirio Parisotto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.07.16
ED. 5416

Nova imagem

 As desavenças com Luiza Brunet calaram fundo em Lírio Parisotto. O empresário resolveu contratar um consultor de imagem para tentar suavizar a mácula deixada pelas acusações da ex-namorada de que foi fortemente agredida pelo biliardário.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.