Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
09.04.18
ED. 5842

Curto-circuito

Enquanto o país crepita, José Sarney e Edison Lobão encontram tempo e espaço para cuidar de seus insondáveis interesses: estão juntando os fios para eletrocutar o presidente da Eletronorte, Vilmos Grunvald.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.04.18
ED. 5838

Blindagem familiar

José Sarney articula a candidatura do rebento Fernando Sarney, vice-presidente da CBF, à Câmara. Fernando faria companhia ao irmão José Sarney Filho. Que pai zeloso não gostaria de ver toda a prole com foro privilegiado?

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.03.18
ED. 5824

Sarney e Eunício jogam a rede sobre os Correios

Guilherme Campos, presidente dos Correios, já ouve as sete trombetas do seu apocalipse. José Sarney e Eunício de Oliveira trabalham para derrubá-lo do cargo e reconquistar a estatal para a cota do MDB. Hoje, os Correios “pertencem” ao PSD, do ministro Gilberto Kassab.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

16.02.18
ED. 5807

Tentativa

José Sarney está tentando alçar Astrogildo Quental da diretoria de Gestão Corporativa para a presidência da Eletronorte, no lugar do “tucano” Vilmos Grunvald.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.02.18
ED. 5799

“Fora, Sarney”

Após a degola dos executivos Antônio Carlos Ferreira, Deusdina dos Reis Pereira e Roberto Derziê – todos investigados pelo Ministério Público –, o Conselho de Administração da Caixa Econômica quer a cabeça do vice-presidente de Produtos de Varejo, Fabio Lenza. Ligado à família Sarney, Lenza é citado em investigações que apuram o favorecimento da Caixa a negócios indicados pelo lobista Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB e já condenado pelo juiz Sergio Moro. Procurada, a Caixa informou que “o processo seletivo dos vice-presidentes está em estruturação”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.01.18
ED. 5789

“Essa casa é minha”

José Sarney estaria chacoalhando a árvore da Eletronorte para derrubar o presidente, Vimos Grunvald, e retomar o território, ainda em mãos tucanas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

02.01.18
ED. 5777

Articulação

José Sarney articula a candidatura do rebento Fernando Sarney, vice-presidente da CBF, para o comando da entidade.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.12.17
ED. 5764

Em peso

José Sarney já deu a palavra ao presidente Michel Temer que a sua “bancada” vai votar em peso a favor da reforma da Previdência.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.11.17
ED. 5752

Capitania hereditária

José Sarney só pensa naquilo: retomar o governo do Maranhão. Articula uma grande aliança em torno da candidatura de Roseana Sarney, que teria, além do PMDB, o PSDB e o DEM.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Mencionado nas delações da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, Edison Lobão segue inabalável. Já iniciou sua campanha de reeleição ao Senado pelo PMDB, sempre com as bênçãos de José Sarney.
______________________________________________
Não é só: no Banco do Brasil, já se dá como certo que Marcio Lobão, filho do ex-ministro, terá seu mandato renovado à frente da Brasilcap. “Lobinho” também está citado na Lava Jato. Mas isso não passa de um detalhe.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.10.17
ED. 5733

Locomotiva Sarney

José Sarney e sua tropa de choque – Miguel Ethel, Jorge Murad, entre outros predadores – estão aproveitando o balcão de verbas e cargos montado no Palácio do Planalto para capturar a Valec, a estatal do setor ferroviário já devidamente maculada por um comboio de delitos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

13.09.17
ED. 5703

Recall elétrico

No QG da Lava Jato em Curitiba, a expectativa é que a “delação da delação” dos executivos da Camargo Corrêa atire “para matar” contra José Sarney, Edison Lobão, Valmir Raupp, entre outros peemedebistas com ascendência sobre o setor elétrico. A Odebrecht já mostrou o caminho das pedras.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.08.17
ED. 5692

Marimbondos de fogo

O “Partido do Sarney” nunca esteve tão em alta no governo de Michel Temer. O presidente tem ouvido assiduamente os conselhos não só de José Sarney, mas também de Roseana Sarney e do senador Edison Lobão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Basta começar o zunzunzum sobre reforma ministerial para José Sarney exibir aquele brilho diferente nos olhos. O ex-presidente não vê a hora de recuperar o que é “seu”, a Pasta de Minas e Energia, nas mãos do PSB desde o início do governo Temer.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.12.16
ED. 5520

Conta conjunta

José Sarney levou todo o crédito sozinho, mas, justiça seja feita, a permanência de Fabio Lenza na vice-presidência de Negócios Emergentes da Caixa Econômica também deve ser lançada na conta de Renan Calheiros.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.12.16
ED. 5512

Voz paterna

O ex-presidente José Sarney não é só um dos interlocutores mais frequentes de Renan Calheiros. É também a voz que mais o acalma. Um verdadeiro pai.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.11.16
ED. 5494

Do banco para os palanques

• Prestes a deixar a presidência do Banco Itaú, Roberto Setubal tem planos de entrar na vida pública. A exemplo de seu pai, Olavo Setubal, que foi prefeito de São Paulo e ministro das Relações Exteriores no governo de José Sarney.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 A alardeada blindagem dos bancos públicos contra indicações políticas é cheia de porosidades. Depois de o PP emplacar Gilberto Occhi na presidência da Caixa – a contragosto do ministro Henrique Meirelles –, agora é José Sarney que pressiona o governo pela permanência de Fabio Lenza no banco. Lenza ocupa a vice-presidência de Mercados Emergentes desde 2007.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

17.03.16
ED. 5329

Paróquia

 O mundo está acabando e, ainda assim, os caciques do PMDB não tiram o olho da sua aldeia. José Sarney bate tambor para Astrogildo Quental assumir a presidência da Eletronorte. Por sua vez, Jader Barbalho quebra lanças para manter no cargo Tito Cardoso.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.12.15
ED. 5273

Ressurge projeto de Sarney

 Um dia, o ex-presidente José Sarney manda sinais para Michel Temer; no outro, envia anagramas para Dilma Rousseff. A única coisa objetiva desse sopra lá sopra cá foi o recado de que ele se sentiria muito gratificado com a ressurreição de um empoeirado projeto: a criação de um regime de Zona Franca em Macapá e Santana, no Amapá. Trata-se de um pleito antigo, que foi colocado e recolocado na mesa inúmeras vezes. Mas a disputa pelo impeachment parece ser a oportunidade certa para que o desejo do velho marimbondo de fogo seja, enfim, atendido.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 José Sarney, que deverá perder a primazia sobre o Ministério de Minas e Energia com a saída de Edison Lobão, se movimenta, ao menos, para manter um pé em Furnas. O senador trabalha com afinco pela continuidade de Flávio Decat no comando da estatal. **** A denúncia do suposto envolvimento de Humberto Grault, ex-gerente de Novos Negócios da Petros, com o doleiro Alberto Yousseff dinamitou a articulação do PT para que o executivo assumisse uma diretoria na fundação. Grault, ressalte- se, já rechaçou ter qualquer relação com Yousseff.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.