Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

Incortel

Relacionados

03.08.17
ED. 5675

Contencioso pesa sobre o balanço da Cyrela

Os resultados da Cyrela no primeiro semestre serão divulgados no próximo dia 11, mas, desde já, o que preocupa mesmo os minoritários é o balanço do terceiro trimestre. A incorporadora ainda avalia se vai provisionar parcial ou integralmente o valor de R$ 130 milhões referente ao contencioso com a Incortel Incorporações e Construções – ver RR edição de 29 de maio. Este é o custo estimado para o pagamento de indenizações e a reconstrução da área de lazer do condomínio Grand Parc Residencial Resort, em Vitória (ES), que desabou. Cyrela e Incortel, que tocaram o empreendimento em parceria travam uma disputa em torno da responsabilidade pelo acidente. A calibragem da provisão poderá afundar os resultados da companhia no vermelho. Para efeito de comparação, o valor total do processo é pouco menor do que o lucro registrado pela Cyrela durante todo o ano de 2016 (R$ 151 milhões).

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.05.17
ED. 5628

Contencioso é a próxima obra da Cyrela

O empresário Elie Horn, dono da Cyrela, já está com uma legião de advogados para processar a Incortel Incorporações e Construções. Vai cobrar da empresa cada centavo dos R$ 130 milhões que terá de gastar na reconstrução do condomínio Grand Parc Residencial Resort, em Vitória (ES). A incorporadora de Horn joga na conta da Incortel, sua parceira no projeto, a responsabilidade pelo desabamento da área de lazer do condomínio. Procurada, a Cyrela não quis comentar o assunto. A Incortel, por sua vez, informou que a Serv Obras, construtora do Grand Parc, e a MCA Tecnologia, responsável pelo projeto estrutural, foram contratadas pela Vix One, da qual ela é sócia ao lado da Cyrela.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.