Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
10.10.17
ED. 5722

Mais um delator à vista

O acordo de delação do empresário Fred Queiroz, unha e carne de Henrique Alves, colocou o ex-ministro contra a parede. O Palácio do Planalto já dá como certo que ele vai abrir a boca.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Em sua delação, Antônio Palocci promete escancarar para a Lava Jato as entranhas de um esquema de venda de MPs no Congresso, que teria atravessado, principalmente, as gestões de Henriques Alves e Eduardo Cunha na Câmara e de Renan Calheiros no Senado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.09.17
ED. 5699

Chorare

Informação preocupante que chegou ao Palácio do Planalto: o ex-ministro Henrique Alves, um dos cavaleiros da távola redonda de Temer, tem tido crises de choro quase todos os dias na prisão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.07.17
ED. 5661

Portas fechadas

Segundo uma fonte do MP, a riqueza de detalhes dos depoimentos de Fred Queiroz, assessor de Henrique Alves, praticamente fechou as portas para uma eventual delação do ex-presidente da Câmara. Agora, só se ele entregar um deus do Olimpo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.06.17
ED. 5635

Prisão com delay

Ontem, em conversas reservadas, líderes do PMDB demonstravam surpresa não com a prisão de Henrique Alves, mas com o tempo que ela demorou. As primeiras menções ao ex-ministro na Lava Jato datam de 2014, feitas pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 Renan Calheiros e o ex-deputado Henrique Alves disputam um cabo de guerra para indicar o novo ministro do Turismo. O primeiro trabalha junto a Michel Temer pela nomeação do deputado Marx Beltrão; o segundo, pelo ex-presidente da Embratur, Vinicius Lummertz.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 Graçola que circula nos corredores do Planalto: Dilma Rousseff vai entregar seu bambolê para Aloizio Mercadante. Dilma ganhou o brinquedo do ministro do Turismo, Henrique  Alves. A intenção de Alves, à época líder do PMDB, era melhorar o jogo de cintura da então ministra da Casa Civil. Periga o bambolê voltar para a dona mais quadrado do que já estava.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.08.15
ED. 5189

Entra e sai

O ministro do Turismo, Henrique Alves, mergulhou de vez na articulação política. O entra e sai de parlamentares em seu gabinete tem sido frenético. Somente na quarta-feira da semana passada, dia 12, Alves recebeu nove deputados federais entre meio-dia e oito da noite, ou seja, um a cada hora. E isso contando apenas a agenda oficial.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.