Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
02.05.16
ED. 5359

Octavio Café esquenta na xícara da JDE

 A compra do Grupo Seleto, negócio de US$ 20 milhões anunciado há duas semanas, foi apenas o cafezinho. Umas das maiores torrefadoras do mundo, a holandesa JDE trabalha numa operação ainda maior: a aquisição da Octavio Café. A empresa tem seis fazendas na região de Alta Mogiana, em São Paulo, além de sua vitrine, a cafeteria instalada na Faria Lima. Segundo uma fonte que acompanha as negociações, os herdeiros de Orestes Quercia, controladores da Octavio Café, permaneceriam na operação como minoritários. Procurada, a empresa nega a venda do controle, Já a JDE não se pronunciou sobre o assunto.  Caso se confirme, a aquisição será o bilhete de entrada da JDE no mercado brasileiro de café solúvel, que movimenta quase R$ 3 bilhões por ano. O segmento é dominado por Nestlé e 3Corações, que somam mais de 50% de market share. Os holandeses passariam a ter algo próximo de 10%. Mais do que isso: com a compra da Octavio Café, tirariam da prateleira um ativo cobiçado por seus concorrentes. No ano passado, a própria 3Corações teria feito uma oferta pela empresa aos Quercia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.