Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
02.01.18
ED. 5777

Movida em busca dos quilômetros perdidos

Os dirigentes do Grupo JSL (antiga Júlio Simões) tiveram pouco tempo para festejos e celebrações. Atravessaram o Réveillon discutindo estratégias para a locadora de veículos Movida –um dos principais negócios da família Simões – reagir à venda da Unidas para a Locamerica. Na falta de ativos de maior cilindrada na prateleira, a tendência é que a companhia se concentre na compra de locadoras com expressiva presença regional. Entre os nomes mais cotados estaria o da LocarX, uma das maiores empresas de aluguel de automóveis do Nordeste. São cerca de 1.500 veículos e operações em seis estados. A negociação entre a Unidas e a Locamerica pôs forte pressão sobre a Movida. A empresa não apenas perdeu a vice-liderança do mercado de locação de veículos no país como a última oportunidade de uma grande aquisição no setor – ela própria também estava na disputa pela compra da Unidas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.06.17
ED. 5633

JSL ganha gordura para o porvir

Enquanto os leilões de infraestrutura não saem do Power Point de Moreira Franco, a JSL (antiga Julio Simões Logística) vai acumulando munição. Até o fim de junho anunciará a emissão de R$ 200 milhões em Certificados de Recebíveis de Agronegócios. É apenas um aquecimento: uma oferta de US$ 300 milhões em bônus internacionais já está engatilhada para o segundo semestre. A JSL tem especial interesse em concessões no setor portuário.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.05.17
ED. 5610

Movida acelera rumo ao controle da Unidas

A Movida, leia-se o Grupo JSL, está negociando a compra da Unidas. Segundo o RR apurou, o acordo deverá envolver um swap de ações entre os sócios das duas empresas, além do pagamento de aproximadamente R$ 200 milhões. De acordo com uma fonte que acompanha as tratativas, os atuais acionistas da Unidas, a norte-americana Enterprise Holdings e os fundos Kinea, do Itaú, e Gávea Investimentos, permaneceriam no capital da nova companhia. Caso a aquisição se confirme, a Movida vai se consolidar como o segundo maior grupo de locação de veículos do país, com 14% do mercado, além de um faturamento anual da ordem de R$ 1,5 bilhão. Na dianteira, a boas léguas de distância, a Localiza, com uma participação em torno de 25%. Procuradas pelo RR, Movida e Unidas não quiseram se pronunciar.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12/05/17 15:23h

Wagnercmc

disse:

Good news

22.07.16
ED. 5417

Frota de ativos

O Grupo JSL, dono da locadora de veículos Movida , estaria disposta a estacionar também no controle da concorrente Unidas. A empresa pertencente à portuguesa SAG e ao fundo Kinea, do Itaú .

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

O Grupo JSL atravessou o caminho da norte-americana Enterprise: também teria apresentado uma oferta pelo controle da locadora de veículos Unidas, que tem entre seus acionistas a Gávea e o Kinea/Itaú. A JSL já atua no mercado por meio da Movida. Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto:  JSL e Unidas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.