fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
18.04.19

Silêncio dos inocentes

Segundo um amigo em comum, fonte do RR, Michel Temer e o ex-ministro Eliseu Padilha não se falam desde a prisão do ex-presidente, no fim de março. Nem precisa. Ambos se comunicam por telepatia…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.01.19

Unidos pelo destino

Eliseu Padilha teria sido convidado por Romero Jucá para se associar ao escritório de consultoria política que o futuro ex-senador está abrindo em Brasília. Para além da coabitação no governo Temer, ambos têm outras afinidades: a perda do foro privilegiado e a ameaça de que 2019 seja o ano mais difícil de suas vidas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.12.18

Superávit de apoios

O que há em comum entre o ministro Eliseu Padilha e o ex-presidente do Banco do Brasil Paulo Rogerio Caffarelli? Ambos fazem campanha pela permanência de José Mauricio Coelho à frente da Previ. Seu trunfo é o superávit da fundação de R$ 15,4 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.11.18

Padilha, o maquinista

O ministro Eliseu Padilha tem mantido intensas tratativas com o TCU com o objetivo de conseguir o sinal verde para a privatização de mais de dois mil quilômetros da Ferrovia Norte-Sul, travada pela Corte devido a uma série de inconsistências no processo. Fica como um regalo do governo Temer para Jair Bolsonaro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.11.18

Um cobertor para Eliseu Padilha

Eliseu Padilha é cogitado no MDB para assumir uma secretaria no governo de Ibaneis Rocha no Distrito Federal. O cargo cairia dos céus. Ainda que, a priori, a motivação não seja esta, a indicação permitiria a Padilha manter o foro privilegiado em um 2019 que se  anuncia ameaçador. Por sinal, o governo de Ibaneis Rocha já se notabiliza como uma espécie de versão pocket da gestão Temer. O ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, garantiu o cargo de presidente do Instituto Brasília Ambiental. Outro que pulará diretamente do vagão de Temer para o de Ibaneis é o coronel da PM Eumar Novacki, secretário executivo do Ministério da Agricultura.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.10.18

Padilha a descoberto

Com a derrota do emedebista José Ivo Sartori na eleição ao governo do Rio Grande do Sul, Eliseu Padilha perdeu um cargo certo no secretariado gaúcho. Ou seja: salvo algum cartucho não conhecido, Padilha ficará sem foro privilegiado a partir de primeiro de janeiro. O ministro da Casa Civil já foi denunciado pela PGR pelos crimes de organização criminosa e obstrução da justiça. Ao menos, está na companhia de velhos amigos: Michel Temer e Moreira Franco também foram denunciados no mesmo processo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

23.10.18

Eliseu Padilha assume o “Ministério da Transição”

O ministro Eliseu Padilha foi encarregado do inventário da breve Era Temer. Sob a coordenação da Casa Civil, todos os ministérios estão elaborando um macrobalanço de suas atividades que será entregue à equipe do futuro presidente da República no processo de transição. Um relatório preliminar consolidando as informações de todas as Pastas será enviado à Casa Civil ainda nesta semana.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.10.18

Na torcida

Eliseu Padilha torce, como poucos, pela reeleição do emedebista José Ivo Sartori. Para Padilha, vale uma secretaria no governo gaúcho e a manutenção do foro privilegiado em 2019.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.09.18

Beijo no asfalto

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, tem acenado às operadoras rodoviárias com a publicação de uma nova MP com regras mais atrativas paraa devolução de concessões. A um mês da eleição, ninguém do setor leva fé na promessa.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.08.18

Cada um por si

O ministro Eliseu Padilha tem vaga certa no secretariado do governador José Ivo Sartori caso ele vença as eleições no Rio Grande do Sul. Funcionaria como um “vale-foro privilegiado” a partir de 1o de janeiro de 2019.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.