Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
09.10.17
ED. 5721

Família Campos em lados opostos

O clã de Eduardo Campos poderá sofrer uma dolorosa cisão, capaz de bagunçar o jogo político em Pernambuco. Ana Arraes, mãe do ex-governador, cogita deixar o Tribunal de Contas da União para se candidatar ao Senado pelo Podemos, partido de seu outro filho, Antônio Campos. Seria um duro golpe para o PSB em Pernambuco.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.09.17
ED. 5709

PSB, duas vezes partido

O adiamento da convenção nacional de novembro para março escancarou as fissuras do PSB. A mudança foi fruto de uma manobra do presidente da sigla, Carlos Siqueira, e de herdeiros políticos de Eduardo Campos, notadamente o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que lutam para preservar o mando sobre o PSB – e seus principais ativos: tempo de TV e fundo partidário. Os “pessebistas de raiz” tentam ganhar tempo para expurgar congressistas pró-Temer, liderados pelo deputado Heráclito Fortes. Após a decantação, a paz? Não necessariamente. Em março, deve ser a vez do PSB puro-sangue brigar entre si. Marcio França empurra o partido para a chapa de Geraldo Alckmin; a ala nordestina defende o lançamento de candidatura própria.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.09.17
ED. 5696

Coisas da genética política

A família Campos/Arraes é um rio que vai se dividir ainda mais nas próximas eleições. No PSB e no próprio clã, é grande a “pressão” para que João Henrique Campos, filho de Eduardo Campos e tido como o seu sucessor político, se candidate à Câmara dos Deputados. Caso aceite a convocação, provavelmente dividirá palanque no Recife com o candidato tucano à presidência, sobretudo se ele for Geraldo Alckmin, aliado do PSB. Neste caso, o jovem João Henrique baterá de frente com Marilia Arraes. Prima de Eduardo Campos e neta de Miguel Arraes, Marilia concorrerá ao governo de Pernambuco pelo PT.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

15.08.17
ED. 5683

O inventário político de Eduardo Campos

O PSB alimenta a expectativa de que Ana Arraes, mãe de Eduardo Campos, deixe seu cargo no TCU para disputar uma vaga na Câmara ou no Senado em 2018. Seria o nome e sobrenome mais forte numa família que, sozinha, já é um partido. Antônio e Pedro Campos, respectivamente irmão e filho de Eduardo, concorrerão a deputado federal. Marilia Arraes, sua prima, será candidata ao governo de Pernambuco. Veladamente, ou nem tanto, todos duelam pelo capital político do ex-governador pernambucano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.01.17
ED. 5545

Pero que las hay…

Subsídios para teorias da conspiração: as condições do acidente com o avião de Teori Zavascki foram idênticas ao de Eduardo Campos, noves foram as grandes diferenças entre os modelos de aeronave.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.