Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

Em meio ao amplo sistema circulatório de Aldemir Bendine, os procuradores de Curitiba têm se empenhado em percorrer as veias que levam a Marcio Lobão, presidente da Brasilcap e filho do senador Edison Lobão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

27.07.17
ED. 5670

Cadeira cativa

A Lava Jato não afetou as capitanias de Edison Lobão no governo. Que o diga o presidente do Banco do Brasil, Paulo
Rogerio Caffarelli, que tenta, tenta, tenta e não consegue tirar Marcio Lobão, filho do senador, do comando da Brasilcap.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

09.06.17
ED. 5637

Coelho da cartola

Apenas três meses após assumir, o diretor de relações institucionais da Brasilcap, Alberto Pinto Coelho, balança no cargo. Não deve resistir ao desmoronamento de Aécio Neves, que o indicou para o braço de capitalização do BB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.02.17
ED. 5566

Um tiro no Lobo mau

O presidente do BB, Paulo Sergio Caffarelli, já teria indicado o ex-Previ Dan Conrado para o lugar de Marcio Lobão na Brasilcap. O que faltava era Lava Jato atravessando a porta giratória do banco. Procurado, o BB nega.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.01.17
ED. 5532

“Não te disse, meu filho?”

Mesmo com o fantasma da Lava Jato, o senador Edison Lobão começou 2017 aliviado. A dança das cadeiras que atingiu o Banco do Brasil na virada do ano poupou o seu rebento, Marcio Lobão, presidente da Brasilcap desde 2008. Ao menos, por ora.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

26.10.16
ED. 5483

Em nome do pai

 Mesmo alvejado pela Lava Jato, Edison Lobão trabalha para demover o Planalto da ideia de trocar a direção da Brasilcap. A subsidiária de capitalização do BB é comandada, desde 2008, por Marcio Lobão, filho do ex-senador.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 Na Brasilcap, já se dá como certo o fim do reinado de Marcio Lobão, presidente da companhia há quase uma década. Procurada, a empresa nega sua saída. O que não dá para negar é o desgaste dele. Filho do ex-ministro Edison Lobão, está citado na delação premiada de Sergio Machado. Segundo o ex-presidente da Transpetro, Marcio Lobão recebia propinas de R$ 300 mil mensais em nome do pai.  Por falar na família Lobão, o que se diz nos bastidores da Lava Jato é que a ofensiva sobre a Queiroz Galvão vai complicar de vez a situação do ex-ministro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.