Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
23.05.17
ED. 5624

Retorno garantido

O Safra vai anunciar até agosto a estreia do seu braço digital. Conforme a tradição do banco, o negócio ja se inicia com o retorno garantido.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.01.17
ED. 5530

Dono da Qualicorp esbanja saúde no réveillon

O sócio fundador da empresa de planos de saúde Qualicorp, José Seripieri Junior, comemorou a passagem do Ano Novo como se não houvesse outra. Júnior, como é mais conhecido, comandou uma queima de fogos na praia privê do condomínio Portogalo, em Angra dos Reis, de nove minutos. Foi de tirar o fôlego!

Cada um dos condôminos locais entrou com um dízimo para fazer as festas nos céus de Angra. Entre os doadores estavam ainda o ex-presidente do Banco Central Carlos Langoni e o ex-presidente do Banco Safra Carlos Alberto “Bigode” Vieira. Junior foi o grande contribuidor da vaquinha fogueteira: pagou o sétuplo de cada um dos nobres vizinhos, fração correspondente às sete casas de sua propriedade no condomínio.

Todas estão à venda, pela bagatela de US$ 2 milhões, em média, cada uma. Junior deve ter rezado com fé à Iansã para que ela ajude a transformar logo seus imóveis em liquidez, proteja seu compadre Lula e espante esse encosto curitibano para bem longe. Eparrêi!

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.12.16
ED. 5514

Mudança de identidade

O Banco Safra está pensando em uma repaginada na sua identidade visual.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.04.16
ED. 5351

Chinese wall

A Operação Zelotes está tentando identificar exatamente em que momento do dia o advogado Carlos Pelá trocava o figurino de Tax Director do Banco Safra pelo de conselheiro do Carf, cargos que ele acumulou nos últimos anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.04.16
ED. 5340

Zelotes

À luz da história, não seria nada improvável se o ex-presidente do Banco Safra Carlos Alberto Vieira se imolasse em púbico dizendo: “Sou eu! O culpado de tudo sou eu. Não coloquem o ‘seu’ José nessa!”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.12.15
ED. 5264

Mundo BTG

 O Banco Safra tem sido uma das instituições mais agressivas na captura de clientes do BTG, notadamente na área de gestão de fortunas.  Os sócios do BTG temem um novo rebaixamento da nota de crédito pela S&P ainda neste ano. Na semana passada, a agência rebaixou o rating do banco de BB para BB-, retirando o grau de investimento.  A Bravante, empresa de logística marítima da qual o BTG é acionista, estaria atrasando o pagamento de fornecedores. Procuradas pelo RR, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: BTG e Bravante

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

Recomendação de Joseph Safra, que anda meio baleado, a Rossano Maranhão antes dele participar da reunião entre os banqueiros e Joaquim Levy: “Entre e finja-se de morto”.  *** Aliás, Joaquim Levy descortinou para Dilma Rousseff um mundo novo, ou seja, o de que os empresários têm mais votos no Congresso do que os seus ministros.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.07.15
ED. 5175

Banco Safra

O Banco Safra vai dar pinta na Lava Jato? Não, o RR não acredita. Mas se, por acaso, o governo tiver dúvida pode fazer que nem fez com o HSBC e pedir a lista das contas. O governo suíço está afinadíssimo com o Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.05.15
ED. 5120

Que fase!

Em apenas dois meses, o Banco Safra apareceu na Zelotes, no SwissLeaks e na lista de clientes da consultoria de Antônio Palocci. Para fechar o Grand Slam dos escândalos, só falta ser citado na Lava Jato.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.03.15
ED. 5091

Poucos metros separam o Safra do HSBC

Só a título de ilustração: a sede do Banco Safra em Mônaco fica ao lado do suntuoso Hotel Café de Paris de Monte Carlo, bem em frente ao badalado cassino. Um bocadinho que seja daquelas fortunas depositadas no Safra devem sair de lá direto para girar nas roletas ou evaporar nas mesas de bacará. A sua direita, descendo uns 200 metros de ladeira fica o HSBC de Mônaco. Segundo informações obtidas por um correntista internacional, o Safra está sugando os clientes do HSBC, principalmente brasileiros. A instituição lavadora de dinheiro tupiniquim que alugou as páginas da mídia elevou a s alturas as taxas de administração de “pequenas fortunas” – leia-se US$ 2 milhões a US$ 3 milhões. Por esta razão, muitas contas mais “modestas” foram fechadas. Mas o HSBC que nos perdoe! Respira-se Safra no Principado. Não é preciso dizer o perfil do seu cliente. Ele é fiel e atravessa em média três vezes por ano o corredor bucólico, coberto de plantas que leva a  fortaleza dos Safra. Se você quiser esquecê-los, cuidado para o lado que vira. Se for a  direita, a uns setecentos metros do HSBC, de frente para Marina, está incrustado o prédio em cujo apartamento foi vitimado Edmond, o Safra manda-chuva – Joseph e Moses eram “Safrinhas”. A debandada para o banco de Joseph enseja um possível risco de “SafraLeaks”. Que seja, pois depois de tanto rolo nos últimos anos o banco deve estar cuidadosíssimo. Do jeito que anda, o êxodo do ervanário caminha em sua direção, apesar da concorrência de uns bancos badalados, tais como o Jules Bere e o Union Bancaire Privé. Nessas circunstâncias, não parece haver outro conselho: “Ei, você aí, que tem US$ 5 milhões e quer esse dinheiro bem distante e na moita, não tenha dúvida: vem para o Safra você também!”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.