04.07.17
ED. 5653

Águas de julho

A Itochu quer assumir o controle da Águas do Brasil. Os japoneses, que já compraram parte da fatia societária da Queiroz Galvão, articulam a compra do restante das ações da empreiteira. Avançam também sobre as participações da Cowan e da Carioca Engenharia. Com 14 concessões de saneamento, a Águas do Brasil fatura cerca de R$ 1,5 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.