18.03.16
ED. 5330

A Cesar o que é de Cesar

 O raio de ação do ex-diretor de Furnas Dimas Toledo nunca esteve circunscrito apenas a Aécio Neves. Por uma via oblíqua, ele se estendia também ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O ponto de contato entre ambos era Luiz Carlos Santos, que comandou o Ministério de Assuntos Políticos no primeiro mandato de FHC – quando articulou a emenda da reeleição – e depois ocupou a presidência de Furnas. A todos os pedidos que recebia na estatal, Santos costumava dar a mesma resposta: “Esse assunto deve ser tratado com o Dimas.”

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.