31.08.11
ED. 4236

Warren Buffett busca um lugar Á  mesa na Brasil Foods

Warren Buffett não é Benjamin Steinbruch nem tampouco a Brasil Foods (BRF) é a Usiminas. No entanto, guardadas as devidas proporções, o megainvestidor norte-americano e a indústria de alimentos estão protagonizando uma história similar a  que une Benjamin e a siderúrgica mineira. A Berkshire Hathaway, empresa de investimentos de Buffett, tem comprado sucessivamente ações da BRF na Bovespa e ADRs na Bolsa de Nova York. Já tem quase 5% do capital total e, neste momento, está em negociações com dois fundos de investimento de origem norte- americana para a compra de um lote de ações que soma quase 3%. A fonte do RR ? Negócios & Finanças está encastelada em um destes private equities, dono de aproximadamente 2% dos papéis da BRF. Se concretizar esta operação, Buffett se tornará um dos principais acionistas individuais da BRF com aproximadamente 8%. Vai, portanto, se igualar a  Tarpon Investimentos e ficar bem próximo da Previ e da Petros, detentoras, respectivamente, de 12% e 10% do capital. O movimento da Berkshire vai além de uma simples operação de portfólio. A compra de ações da BRF é apenas a ponta do iceberg de um projeto bem maior. A gestora de recursos pretende montar um colar de participações expressivas em empresas brasileiras, inclusive com presença na gestão destas companhias. A BRF seria exatamente a ponta de lança deste projeto. Com uma fatia significativa do capital, a Berkshire abriria espaço, inclusive, para participar do acordo de acionistas da empresa, capitaneado pelos fundos de pensão. Com mais de US$ 250 bilhões em ativos, a Berkshire Hathaway vem ampliando seus investimentos em países emergentes. Tem participação em diversas empresas chinesas. Agora, chegou a vez do Brasil, mercado que os norte-americanos consideram absolutamente estratégico. Além da indústria de alimentos, a empresa mira nos setores de varejo, tecnologia e saúde. Só falta agora Buffett desembarcar no Brasil pedindo impostos mais altos para os ricos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.