13.10.16
ED. 5474

Campanha contra Murilo?

 Uma boa medida da obsessão do governo em substituir o presidente da Vale, Murilo Ferreira, é o número de 16 citações na mídia sobre a saí-da do executivo no espaço de três meses. As “fontes em off do governo” insinuam que é preciso que alguém pague o pato do desastre da Samarco. Não fosse a tragédia, Ferreira estaria sendo saudado como o gestor que toureou a maior crise internacional dos preços do minério. Paciência! A reboque do noticiário sobre a eventual partida de Ferreira desponta o nome de José Carlos Martins, com 13 inserções na imprensa no mesmo período. Martins carrega duas curiosidades: diretor de ferrosos na gestão de Roger Agnelli, tinha uma “boa” ligação com o ex-presidente da Vale – tanto que conspirou para depô-lo; também trabalhou com Benjamin Steinbruch, primeiro controlador da Vale pós-privatizada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.