18.12.14
ED. 5025

Usiminas

A erosão dos preços do minério e a guerra societária entre Nippon Steel e Ternium mandaram o Projeto Compactos para a geladeira. Na Usiminas, não se ouve sequer um sussurro sobre a empreitada, que previa o aumento da produção própria de minério de 10 milhões para 17 milhões de toneladas/ano. Oficialmente, a empresa garante estar “aprofundando os estudos de engenharia” para definir a viabilidade do projeto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.